França flag França: Esboço econômico

Esboço econômico

Indicadores econômicos

A França está classificada como a sétima maior potência económica do mundo, logo a seguir ao Reino Unido e à Índia (WEF, 2022). Depois de sofrer uma das mais fortes contracções económicas entre os países da UE devido à pandemia de COVID-19, a economia francesa recuperou fortemente. No entanto, durante o primeiro trimestre de 2023, a procura interna permaneceu fraca devido à inflação elevada e a condições financeiras mais rigorosas, que compensaram as iniciativas de apoio do governo e os salários resilientes que mantiveram a capacidade de compra das famílias. A procura interna registou um ressurgimento, emergindo como o principal motor de crescimento, apenas a partir do segundo trimestre do ano. Para 2023 no seu conjunto, o FMI estimou o crescimento em 1% do PIB. Espera-se que a atividade económica aumente lentamente ao longo do horizonte de previsão, à medida que o consumo privado retoma e a inflação diminui progressivamente (para 1,3% este ano e 1,8% em 2025, de acordo com o FMI). Devido à forte procura interna, prevê-se um aumento das importações, o que terá um impacto negativo no crescimento do PIB decorrente das exportações líquidas.

No que respeita às finanças públicas, o custo orçamental líquido das iniciativas destinadas a atenuar os efeitos dos elevados preços da energia foi estimado em 0,8% do PIB em 2023, contra 0,9% um ano antes. Simultaneamente, a indexação das pensões e das prestações sociais, destinada a reforçar o poder de compra das famílias, continuou a aumentar a despesa pública, enquanto se previa que a desaceleração económica diminuísse as receitas fiscais. Prevê-se que o défice do sector público administrativo se mantenha estável em 4,3% do PIB, com uma redução marginal este ano (4,1%, de acordo com o FMI) devido à retirada da maioria das medidas relacionadas com a energia. Após uma diminuição para 110% do PIB em 2023, num contexto de crescimento robusto do PIB nominal, a dívida pública deverá estabilizar em 2024 e 2025, embora a Comissão Europeia preveja um possível aumento no futuro próximo, atribuído aos défices primários em curso, ao aumento das despesas com juros e à diminuição do crescimento nominal. Depois de atingir um pico no início de 2023, a inflação diminuiu ao longo do ano, situando-se em média nos 5,6%. O Governo francês decidiu prolongar o limite máximo do preço da eletricidade até ao início de 2025. Para 2024 e 2025, o FMI prevê uma inflação de 2,5% e 2%, respetivamente. De acordo com a OCDE, a França deve implementar uma estratégia orçamental a médio prazo para acelerar a consolidação orçamental. Uma execução rápida e abrangente do Plano de Recuperação e Resiliência nacional seria benéfica, especialmente tendo em conta a inclusão de várias reformas destinadas a tornar a economia mais ecológica, facilitar a transformação digital, aliviar os encargos administrativos, melhorar a coordenação dos serviços públicos de emprego e revitalizar as estratégias de saúde, tanto a nível nacional como local.

Em 2023, o mercado de trabalho manteve a sua vitalidade. A taxa de desemprego estabilizou em 7,2% no segundo trimestre de 2023, aproximando-se do seu nível mais baixo desde 2008, enquanto a taxa de emprego disparou para um máximo histórico de 68,6%. No entanto, espera-se que o crescimento do emprego seja moderado devido à dissipação gradual da acumulação de mão de obra, à redução da criação de emprego a partir de contratos de aprendizagem, ao regresso das horas trabalhadas aos níveis de 2019 e ao aumento da produtividade do trabalho. De acordo com o FMI, prevê-se que a taxa de desemprego diminua para 7,3% em 2024 e para 6,9% em 2025, após uma taxa de 7,4% em 2023. Em média, os cidadãos franceses desfrutam de um elevado PIB per capita (PPC), estimado em 58 765 USD em 2023 pelo FMI. No entanto, as desigualdades persistem e, de acordo com um estudo da UNICEF, 21% das crianças francesas vivem abaixo do limiar de pobreza.

 
Indicadores de crescimento 20222023 (E)2024 (E)2025 (E)2026 (E)
PIB (bilhões de USD) 2.780,143.049,023.183,493.316,773.438,83
PIB (crescimento anual em %, preço constante) 2,51,01,31,81,7
PIB per capita (USD) 42.35046.31548.22350.10151.800
Saldo do Balanço de Pagamentos (em % do PIB) -4,2-4,3-4,1-3,6-3,5
Dívida Pública (em % do PIB) 111,8110,0110,5110,4110,4
Índice de inflação (%) n/a5,62,52,02,0
Taxa de desemprego (% da população economicamente ativa) 7,37,47,36,96,8
Balanço das transações correntes (bilhões de USD) -56,77-37,51-41,19-29,57-28,16
Balanço das transações correntes (em % do PIB) -2,0-1,2-1,3-0,9-0,8

Fonte: IMF – World Economic Outlook Database, 2016

Nota: (e) Dado estimativo

 
Indicadores monetários 20162017201820192020
Euro (EUR) - Taxa cambial média anual em relação ao 1 ZAR 0,060,070,060,060,05

Fonte: World Bank, 2015

 

Return to top

Alguma observação sobre este conteúdo? Fale conosco.

 

© eexpand, todos os direitos de reprodução reservados.
Últimas atualizações em Abril 2024